Mentor: por que você precisa de um

Mentor: por que você precisa de um

postado em: EmpreendeJunto | 0

Quantas vezes você se questiona se está mesmo no caminho certo para seus sonhos? Quantas vezes você se pergunta se os seus sonhos são realmente legítimos? Ok, pode parecer aquele empreendedorismo motivacional. Mas, pense comigo: qual o objetivo do trabalho? Se você respondeu realização pessoal, você faz parte de um grande grupo de pessoas que acredita que o dinheiro não é um objetivo, mas sim, uma consequência de você fazer um trabalho que te traga realização pessoal. De acordo com a FIA/USP 96%, dos jovens nascidos entre 80 e 93 acreditam nessa proposta. Acontece que, independente da idade, esse tipo de perfil profissional tem se multiplicado nas empresas. Quem não conhece alguém que largou um emprego seguro e estável para correr riscos atrás dessa tal realização profissional?

Quando estou nas minhas palestras costumo perguntar para o pessoal: o que é sucesso pra você? Sempre, 100% das vezes alguém me diz: fazer aquilo que gosta! Isso é a realização, imagina você fazer aquilo que gosta e ainda ser pago por isso. Parece impossível, pois a gente cresceu o ouvindo que diversão e obrigação não se misturam. Primeiro a obrigação depois a diversão. Pensar que você pode se divertir no trabalho e ainda ser remunerado por isso pode parecer loucura. Mas, se você vive nesse planeta, deve ter percebido que esse mundo anda meio maluco mesmo.

Ok Daniel, eu acredito nisso! Mas… COMO FAZER??? Às vezes você faz quase tudo certo mas tem certos erros que comprometem o seu crescimento profissional e pessoal. Não estou falando sobre não cometer erros, estou dizendo que nosso tempo é a moeda mais valiosa de todas. Então, é importante você salvar todo o tempo que puder para cometer erros melhores (sim, isso existe). E é justamente essa a importância de um mentor. Imagina poder contar com alguém que já percorreu o caminho para te avisar dos perigos e te ajudar com as dúvidas que surgirão durante a jornada.

Pense comigo, diante de todos os desafios, quantas vezes você já desejou a orientação de alguém mais experiente que você? Alguém que sugira caminhos e não vomite conselhos contaminados. Esse é o papel da mentoria. Não importa sua idade ou sua posição, um mentor é muito importante para você alcançar seus objetivos.

A mentoria ainda é um bebê no mercado brasileiro. Mentoring, como é chamado em inglês, é uma atividade de fundamental importância. Na maioria dos casos o professor é uma figura muito próxima a de um mentor. É ele que orienta em vários aspectos da vida, com explicações e caminhos didáticos. Um mentor na sua carreira ou nos seus negócios mostram oportunidades e lições valiosas.

 

O que define um mentor?

Um mentor é definido pela sua experiência. Ou seja, é uma pessoa que passou por vivências importantes ligadas a sua área de atuação. Nesse sentido, qualquer pessoa pode ser um mentor, o importante é que ele tenha experiência sólida  no seu tipo de demanda. Ou seja, se o seu plano é montar um negócio digital é importante você escolher um mentor que já tenha passado por isso. Só assim ele vai conseguir sugerir os melhores caminhos e oportunidades. É por isso que muitas empresas enxergam a mentoria como um processo fundamental na atuação dos gestores.

 

Como escolher um mentor?

Em primeiro lugar escolha o tipo de mentor, o que você está buscando? Identificar seus pontos fracos e fortes. Ganhar experiência de mercado. Mapear oportunidades. Ajudar a criar um modelo de negócios. Tenha em mente o que você quer resolver. Outro aspecto importante é pensar no tipo de bagagem que você espera do seu mentor, busca uma experiência mais voltada para o mundo acadêmico ou profissionais envolvidos com a prática do mundo dos negócios.

Outro aspecto importante é pensar no tipo de pessoa que você quer se relacionar. Um mentor, em resumo, é um contato que você vai ter na sua sua lista de network para o resto da vida. Pense nessa relação com carinho.

Por último faça uma reflexão sobre você. Não seja um sanguessuga aproveitador, pense em como abordar seu mentor e naquilo que irá dizer.

 

Como manter a relação saudável?

Manter uma relação saudável com seu mentor é uma tarefa importante. Em primeiro lugar a gratidão é um grande tesouro. Entenda que a mentoria é uma via de mão dupla. Por mais que você admire, não fique bajulando seu mentor, não seja pegajoso. Defina uma agenda e cumpra. Não bombardeie seu mentor com questões e pedidos que fogem do escopo que vocês tinham combinado. A relação tem que ser boa para ambos os lados, se você recebe uma série de boas dicas e conselhos veja como você pode retribuir. Lembre-se de quem te ajudou e as oportunidades aumentarão. Compartilhe sempre seus progressos e seja específico. Ao invés de dizer “foi legal pra caramba, me ajudou muito”, diga a dica X me ajudou bastante pois…”, isso vai ajudar o seu mentor a entender melhor você e, com isso, melhorar cada vez mais o resultado e essa relação.

E você, já escolheu os seus mentores? Compartilhe sua experiência conosco nos comentários.

Deixe uma resposta