Comum ou normal?

Comum ou normal?

postado em: EmpreendeJunto | 0

Nas minhas conversas com gestores e empreendedores sempre escuto uma frase que é campeã de audiência: isso é normal. Tipo assim… As vendas estão caindo. Mas, o mercado está complicado mesmo, isso é normal… Implantamos um sistema novo, mas o pessoal não se adaptou e só gastamos dinheiro, isso é normal…. Meus funcionários andam reclamando, mas funcionário é assim mesmo, isso é normal… Lá na minha empresa tem muita fofoca, mas toda empresa tem fofoca, isso é normal…

 

Sinceramente eu não sei onde esse povo vive, mas, parece que banalizamos mais uma palavra. Um dia desses estava ouvindo o incrível Mario Sérgio Cortella dizendo que a “a gente atrai aquilo que a gente tolera”.

Ou seja, uma pessoa que acredita que ter fofoca na empresa é normal só vai atrair mais fofoca. Uma pessoa que acredita que as vendas caírem são consequência apenas do mercado só vai atrair menos vendas. Uma pessoa que acha que é normal ver seus funcionários reclamando só vai atrair funcionários desmotivados.

E, acredite, não estou falando de discursinho motivacional, é matemática.

 

Obviamente muitos desses argumentos podem ser verdade, em partes. E tenho certeza de que isso acontece em muuuuitas empresas por aí. Porém, é preciso ter cuidado com essa aceitação e entender a diferença entre NORMAL e COMUM. Muitos empreendedores sonegam impostos, isso pode ser comum, mas não é normal. Muitos profissionais de compra pedem comissão para contratar prestadores de serviços, pode ser comum, mas não é normal.

 

É o seu dever, como empreendedor inteligente, saber diferenciar aquilo o que é comum e o que é normal e deixar de aceitar as coisas de forma tão passiva. Muitas empresas tem um atendimento péssimo, isso é comum, mas é o seu papel criar uma experiência incrível para seu cliente. Aceitar tudo como normal joga as empresas no bolsão da mediocridade. Mediocridade que morremos de medo, mas que aceitamos passivamente quando insistimos em nivelar tudo por baixo.

Deixe uma resposta